As primeiras papinhas

As primeiras papinhas

O Ministério da Saúde Informa
O aleitamento materno evita infecções e alergias e é recomendado até os 2 (dois) anos de idade ou mais.
Após os 6 (seis) meses de idade continue amamentando seu filho e ofereça novos alimentos.

Consulte sempre o pediatra do seu filho antes de tomar qualquer decisão.

Para a comida ter caloria suficiente para substituir uma mamada do peito, tem que ser papa, não pode ser sopa”, esclarece a médica nutróloga Maria Marlene.

Se você é daquelas que mistura todos os ingredientes no liquidificador até ficar molinho, saiba que você está fazendo uma sopa e não uma papinha.
A papinha deve ser feita amassando os ingredientes com um garfo ou peneira.

A sopa além disso tem outro inconveniente, mesmo que você mude algum ingrediente diariamente o gosto acaba sendo quase o mesmo e dessa maneira seu bebê irá enjoar logo.

Quando seu bebê começar a comer papinhas, inicialmente você precisa descobrir do que ele gosta, pois se você misturar muitos ingredientes e ele não gostar de algum, você não saberá qual é, e o bebê irá recusar a papinha.

Comece por exemplo com cenoura ou abóbora ou escolha apenas um legume ou verdura, depois vá acrescentando carne moída ou desfiada amassada.

Depois de descobrir do que seu bebê gosta vá acrescentando outros ingredientes, lembre-se que não podem faltar a proteína, que é a carne ou o frango, e as fibras, que são as hortaliças.  Também não pode faltar leguminosas – o feijão, o grão de bico ou a lentilha – , que poderiam ser dados duas vezes por semana.

Se o seu bebê não gostar de algum alimento, não desista, apresente-o outro dia, de outra forma, misturado com outro alimento por exemplo, estudos indicam que uma criança pode rejeitar um alimento de 10 A 14 vezes.  Só depois de várias tentativas, se o bebê continuar rejeitando, então desista, é porque o bebê realmente não gosta de tal alimento.

Nos primeiros meses de vida faça a papinha de consistência pastosa, depois do décimo mês de vida não será mais necessário amassar os alimentos, pois o bebê precisa aprender a mastigar e desenvolver a musculatura da boca e língua.

Como fazer a papinha

A papinha salgada deve conter os seguintes grupos alimentares:
cereal ou tubérculo (cereal:arroz, macarrão – tubérculo: batata, mandioca, cará, inhame)
alimento protéico de origem animal (carne de boi, carne de frango, peixe)
leguminosas e hortaliças (leguminosas: feijão, lentinha – hortaliças: verduras e legumes)

Veja aqui as necessidades básicas de nutrição das crianças.

Ref. G1 Globo.com
Sociedade Brasileira de Pediatria

Deixe uma resposta